© 2015/2018  Supernova Digital por Vânia Caparroz

Rua General Eldes de Souza Guedes 63 Z- Vila Sônia - Morumbi/SP

Marque sua consulta pelo WhatsApp 11 9.8546-2800

crescendoeacontecendo@gmail.com

VENHA NOS VISITAR

  • Facebook - Grey Circle
  • Instagram - cinza Círculo
  • YouTube - Grey Circle
  • Google+ - Grey Circle

Ex-BBB se revolta na internet: filho não foi convidado para festa. Como lidar com isso?

A ex-BBB Jaque Khury fez um desabafo na rede social Snapchat depois que seu filho, Gael, não foi convidado para a festinha de aniversário de um amigo que mora no mesmo prédio. Segundo Jaque, ele foi o único a ficar de fora da comemoração, o que a deixou nervosa.

Em uma série de vídeos, ela desabafou sobre o ocorrido: "Não que eu faça questão de ir, mas quando meu filho entender que um amiguinho fez aniversário e ele não foi convidado, ficará chateado", disse.

 

Jaque disse ainda que a mãe do aniversariante não gosta dela, e esse teria sido o motivo para a exclusão do filho da ex-BBB da lista de convidados. "Estamos aqui todos  virados em casa porque Gael não recebeu um convitinho do amiguinho aqui do prédio. Simplesmente porque a mãe é uma recalcada e não vai com a minha cara", afirmou.

 

 

COMO LIDAR COM A FRUSTRAÇÃO INFANTIL

 

A situação, embora não seja agradável, pode ser uma oportunidade para que, desde cedo, as crianças aprendam a lidar com frustrações. "Os pais devem orientar, porque isso vai acontecer na vida adulta. Você não vai fazer parte de todas as festas, nem no núcleo familiar, de amizades ou de trabalho. Ela tem que aprender a lidar com o não. Tem que fazer a criança entender o porquê da exclusão e que na vida a gente tem que lidar com essa frustração. Há situações que são ruins, que mexem com a criança, mas fazem com que ela amadureça. É fazê-la ver que em algumas situações ele vai, outras não, e que está tudo bem", explica a psicóloga Cynthia Wood, da Clínica Crescendo e Acontecendo, em São Paulo.

 

Ela diz ainda que é importante observar o comportamento dos filhos e tentar entender se pode ter havido algum tipo de problema na relação com os amiguinhos. "Algumas crianças são excluídas de todas as festas porque não têm um melhor amigo, por serem tímidas, e acabam tendo menos convites. Às vezes até são chamadas para algumas coisas, mas, por causa da timidez, não vão. Se a criança não participa ou quer impor a brincadeira dela e não aceita a dos outros, então ela também não vai ser chamada", diz.

 

POR QUE NÃO CONVIDARAM MEU FILHO?

 

Seja qual for o motivo, é normal a criança ficar chateada e se sentir excluída, mas os pais devem explicar o porquê disso e fazer um trabalho para ela ficar mais próxima da turma - ou não. "Se essa criança foi cruel com seu filho, falando 'eu não gosto de você', por exemplo, eu acho que deve haver afastamento. Seu filho não vai querer convidar essa outra criança para sua festa. Mas se foi porque a criança convidou os melhores amigos, só os mais próximos, então aí eu não acho que se deva excluir", orienta.

 

Em relação a casos como o relatado por Jaque, a especialista diz que os pais também têm que fazer um trabalho de socialização com outros pais para que seus filhos sejam convidados. "Se a criança gosta da outra, os pais têm que ver que a raiva do outro  não tem nada a ver com a relação de seus filhos. Se a criança está sendo bem tratada e bem querida, os pais têm que ver que elas são amigas, que está tudo bem, e não deixar misturar o que é dos adultos e o que é das crianças", esclarece a psicopedagoga Rosangela Hasagawa, do Evolve Colégio Infantil e Berçário, também em São Paulo. 

 

Veja o artigo original publicado aqui

Please reload

Destaques

Quer explicar política e igualdade para seu filho? Literatura ajuda!

1/10
Please reload

Posts Recentes
Please reload

Arquivo
Please reload

Siga a gente
  • Facebook Basic Square
  • Google+ Basic Square